quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

2008 com mais festas e mais foguetes



Vila Real de Santo António não terá em 2008 os empregos que a sua população jovem desempregada tanto necessita. Os hotéis e campos de golfe tardam em gerar os prometidos empregos. Com o sector público amarrado às restrições orçamentais e impossibilitado de criar postos de trabalho, só as empresas municipais poderão dar emprego a alguns boys e contribuir para a melhoria dos magros rendimentos familiares.
Entretanto o programa de festas e foguetes da autarquia para 2008 é algo que não irá ser deixado ao acaso sendo novamente uma marca distintiva da gestão “social-democrata mais um” .
Uma fonte próxima do executivo garantiu-nos que os fogos da passagem de ano de 2008 para 2009 serão inesquecíveis, tendo sido enviado discretamente a Taiwan um “olheiro” que trouxe o vídeo que hoje divulgamos.
O gabinete de apoio estará já em negociações com os proprietários dos prédios mais elevados de Monte Gordo para auscultar a receptividade a uma proposta de espectáculo deste género. No entanto, uma facção do PSD, que desde a primeira hora discorda da celebração da festa principal em Monte Gordo, indicou já o farol de VRSA como o local mais apropriado para o fogo-de-artifício.

16 comentários:

um gajo todo fud.... disse...

O Noddy conseguiu acabar com a passagem de ano em Vila Real, não há duvida que a passagem de ano em Monte Gordo dá a conhecer a nossa terra e tráz muita gente, os restaurantes estavam a abarrotar mais isto tudo é em Monte Gordo, então e os comerciante de Vila Real não têm direito á vida, agora deviam perguntar ao sr. Luis Camarada o nosso comerciante referência se não se sente prejudicado. QUEREMOS QUE A PASSAGEM DE ANO EM MONTE GORDO CONTINUE MAS TAMBÉM QUEREMOS UMA PASSAGEM DE ANO DIGNA EM VILA REAL - NODDY NÃO TE ESQUEÇAS QUE O PESSOAL DE VILA REAL TAMBÉM VOTA E QUE GOVERNAR UMA CAMARA NÃO É SÓ EMPREGAR AMIGOS E PAGAR FAVORES PARTIDÁRIOS

vilarrealense disse...

O PSD ao qual faço parte nao esta dividido ao contrario do PCP e do PS nesta questao da passagem de ano!

TODOS os militantes social-democratas do concelho de VRSA estao inteiramente de acordo em ser Monte Gordo o palco para a passagem de ano do concelho de Vila Real de Santo Antonio.

Quanto a esse video, é feio dizer que o executivo enviou um olheiro a Taiwan coisa que é inteiramente especulativo e falso, visto que o executivo so inicia os preparativos em julho!

Aconselho ao(s) "dirigente(s" deste Blog a contactar o Gabinete de apoio para confirmar esta falsa especulaçao também como contactar mesmo o executivo sobre estas especulaçoes que afirmo novamente serem feias, especulativas e falsas!

Disse

vilão disse...

Tem toda a razão o comentador das 21:39. Isto de distingir a ficção da realidade é um esforço quase desumano.
Já actualizámos o artigo com a etiqueta 'humor' não vá alguém querer saber quem foi o afortunado 'olheiro' que viajou até Taiwan.

PSD anonimo local disse...

Para nao ser alvo de descriminação informo, anonimamente, que nao apoiei a forma como foi aniquilada a festa de passagem de ano em Vila Real, e como se passou a exuberância em Monte Gordo. Talvez por isso continue a militar mas sem reconhecer a união do PSD local. A festa em VR surgiu à anos de forma espontanea, depois foi-se juntando mais gente, que à meia noite celebrava o novo ano e regressava-se a casa. O palco surgiu com o tempo, dando aZo à alegria.
Do que era espontaneo, e que Monte Gordo nunca teve, surgiu um facto dilacerante que levou os vilarealenses a olharem a festa de Monte Gordo com desagrado.
o que sucede é que se continua a ir à Praça comemorar o novo ano. A iniciativa foi dos cidadãos e triste é usar-se essa iniciativa para fazer politica.
Talvez por isso se tenha instalado a acomodação no PSD local.

Anónimo disse...

Houve algumas eleições dentro do psd para ver quem está de acordo com a passagem de ano em monte gordo? O boneco das 21.39 deve ter ido a casa de todos os psds a saber se estavam de acordo com a passagem de ano em monte gordo.

Anónimo disse...

o das 21.39 Afinal há um que não está de acordo, fizeste mal as contas eram todos os militantes menos este das 20.10

Anónimo disse...

Pois eu também não concordo com a passagem de Ano em Monte gordo.
O Sr. Presidente deveria fazer em todas as Freguesias do Concelho, como está numa de " Festas " e " Romarias " era para todos!...
A passagem de Ano foi surgindo na praça Marques de Pombal espontaneamente desde há muitos Anos, talvez pela presença do Relógio. Mas a malta lá se foi juntando todos os anos, embora depois tivesse tomado o rumo que tomou.Que quanto a mim foi o melhor que poderia ter acontecido.
O Concelho é em Vila Real e é aqui que deveria ficar a festa, porque os restaurantes de Monte Gordo não estavam assim tão cheios, maior parte deles até estavam fechados

Anónimo disse...

A festa da passagem de ano em monte gordo tira a espontanedade as pessoas da vila?..não me identefico em nada com a gestão do luis gomes..mas nesta da passagem de ano não tem razão..é melhor fazer alguma coisa com notoriedade em Monte Gordo do que dividir a "festa" pelas 3 freguesias e não ter nada de razoavel em nenhum dos sitios...

Anónimo disse...

A terra da má lingua está bem patente nestes comentaristas...
tenham paciencia e trabalhem

Anónimo disse...

estes parvos da vila com estas tretas só tão a dar razões aos cuicos para pedirem a idependencia..qualquer dia temos um movimento do tipo canas de senhorim encabeçado pelo cacalho...

Anónimo disse...

Eu quando disse que a passagem de Ano deveria ser nas 3 Freguesias foi em tom de brincadeira.
Há tanto que fazer no Concelho que não estava à espera que os dinheiros do Municipe fossem todos gastos em Festas...

Eu disse...

A propósito do relógio.
Já repararam que a partir de agora parece que apenas passamos a ouvi-lo e deixamos de o ver.
Ele agora vai ficar virado para o rio e com o edifício da alfandega quem é que o vê?
Tá bem que ele não fazia parte do edifício de origem, mas se o vão colocar, porquê de costas para a Praça?
Pensando bem, passamos a ser uma Praça singular. com a Torre do Relógio de costas para a Torre da Igreja.

Anónimo disse...

ó das 2:15, você tá distraido. Se o relógio estivesse voltado para a praça, os funcionários que vão à Iberica não sabiam quando voltar para o serviço, da-a

Mateus Salpico disse...

Há que reconhecer o sucesso da opção por um reveillon em Monte Gordo e com projecção nacional.Estiveram cá, na hotelaria e não só, muitos milhares de visitantes, que também vieram a VRSA fazer compras e aos restaurantes, as televisões e outros orgaos de comunicaçao nacionais badalaram bastante o assunto e, no Algarve, apenas se falou nos reveillons de Portimão, Albufeira e Monte Gordo. Isto é conquistar notoriedade nacional e promover o concelho, o resto são mesquinhices de mentecaptos.Aprendam cpmp se trabalha!

Sr. Mar azul disse...

Tem razão o sr. Mateus Salpico porque a notoriedade já foi conseguida e há sempre um retorno e uma mais valia nestes eventos, só foi pena que a passagem de ano em Vila Real não tivesse sido dilvulgada a boleia da de Monte Gordo...

zé aranha disse...

sr. mateus salpicos esqueceu de dizer que as contas desses senhoras são pagos pela organização, ou seja, essas mesquinharias até ficam bem quando se gasta o que não é nosso